COLO DO ULTERO
Trier Calcados

Edital para publicação de livros com inscrições prorrogadas até 8 de março

Por Exclusivo RJ em 28/02/2024 às 17:29:15

As inscrições para o edital "Carlos Sá de Literatura", no valor de R$ 40 mil para publicação de livros, estão prorrogadas até o dia 8 de março. O novo calendário do edital foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 28 (aqui). Os interessados em participar devem preencher a ficha (no link ao final da matéria) e enviar pelo e-mail [email protected].

A proposta é contemplar dez autores residentes e domiciliados na cidade de São João da Barra há pelo menos três anos – pessoa física, ou instalada neste período, no caso de pessoa jurídica e que deve ter atividade econômica voltada para a edição de livros ou afins. Cada obra selecionada receberá o valor de R$ 4 mil que poderá ter características literárias ou científicas (acadêmicas).

A comissão julgadora será composta de membros da Secult, do Conselho Municipal de Cultura, da Secretaria Municipal de Educação e de instituição convidada pela Secult. Os analistas levarão em consideração a relevância sociocultural do livro, originalidade da obra, políticas afirmativas e sustentabilidade, seja do proponente ou tema do livro, além de incentivar obra inédita e autor estreante.

Cabe ressaltar que os escritores sanjoanenses foram contemplados no edital da Lei Paulo Gustavo com o valor de R$ 12 mil distribuídos entre livro impresso e audiolivro, este, como forma de inclusão.

Para o secretário de Cultura, Gil Miranda, a gestão novamente oportuniza aos escritores sanjoanenses mostrarem seus talentos literários. "Vamos continuar investindo nos livros, pois sabemos que este é o caminho para o desenvolvimento humano, tecnológico e econômico. Este edital ainda tem um viés de incentivar novos escritores e atrair obras inéditas. Demos um prazo longo para quem já tem sua obra possa ajustá-la ou para uma nova criação", ressalta.

Homenagem a Carlos Sá - Carlos Augusto Abreu de Sá nasceu em São João da Barra, em 18 de abril de 1938, filho do farmacêutico João Augusto Paes de Sá e de Nancy Henriques de Abreu Sá. Carlos Sá, como era conhecido, foi jornalista, poeta, escritor, contista, biógrafo e pintor. Na década de 1960 participou da edição dos jornais "O Caranguejo" e "O Sanjoanense", além de ter fundado o Sol Goitacá. Ele reeditou o jornal "S. João da Barra" fundado pelo seu bisavô José Henriques da Silva, em 1880. Em homenagem a ele criou a Casa de Cultura Zenriques.

Carlos Sá publicou diversos livros e foi por suas mãos que foi revisada a obra-prima de Fernando José Martins "História do do descobrimento e povoação da cidade de S. João da Barra e dos Campos dos Goytacazes, antiga capitania da Parahyba do Sul e da causa e origem do levante denominado — dos fidalgos — acontecido no meado do século passado", de 1868.

O jornalista faleceu no dia 12 de setembro de 2017.

.fichadeinscriçãopdf

.editalpdf

Fonte: Ascom

Comunicar erro
CAMARA SJB MARCO LILAS

Comentários