SUPER BANNE HITSS
LBV
FEVEREIRO ROXO

Ações educativas do Estado são destaques durante primeiro dia de desfiles do Grupo Especial

Agentes da Operação Lei Seca e das secretarias da Mulher, Saúde e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos orientam foliões e turistas na Sapucaí

Por Exclusivo RJ em 12/02/2024 às 11:47:51

Agentes da Lei Seca orientam foliões no Sambódromo (Foto: Luis Alvarenga)

No Carnaval 2024, os troféus de destaque foram para as ações educativas do Governo do Estado, executadas pelas secretarias de Governo, Saúde, Mulher e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. Neste domingo (11/02), durante os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial, diversas ações de conscientização passaram pela Marquês de Sapucaí. Todas são promovidas com objetivo de informar de forma lúdica o folião, tanto no Sambódromo, como na Intendente Magalhães e nos blocos de Carnaval em todo o estado do RJ.

-- O Carnaval 2024 ficará marcado como a festa mais animada e consciente da história do nosso estado. Estamos trabalhando em várias frentes, com o foco em promover segurança, respeito e saúde à nossa população e aos turistas - afirmou o governador Cláudio Castro.

Na abertura da primeira noite de desfiles do grupo especial, promotores com a faixa da campanha "Contra a Dengue Todo Dia" do Governo do Estado, desfilaram na Avenida. À frente da Porto da Pedra, primeira escola na avenida no domingo, uma equipe da campanha "Contra a Dengue Todo Dia" percorreu toda a Marquês de Sapucaí levando uma faixa com os dizeres: "Ala do combate à dengue. Faça parte você também!".

Outra novidade foi o desfile de uma ambulância da campanha ao final de cada escola.

Com o aumento do número de casos da doença, a Secretaria de Saúde promove a campanha para conscientizar e mobilizar a população para o combate ao mosquito. A iniciativa reforça as ações do Estado no atendimento à população e incentiva o envolvimento de todos, com a distribuição de repelentes, adesivos, bandanas e chapéus com alertas para o público no Sambódromo. A campanha é divulgada também no sistema de som da Sapucaí, spots de rádio e ações em redes sociais.

-- Precisamos falar de dengue todos os dias, combater o mosquito sempre, mas para a população bastam dez minutos semanais, pois esse é o período que o Aedes aegypti precisa para passar de ovo a mosquito adulto. Com a verificação e a eliminação dos criadouros uma vez por semana, podemos evitar o nascimento de novos mosquitos - explicou a secretária de Saúde, Claudia Mello.

Atuação da Polícia Militar

A Secretaria de Estado de Polícia Militar realizou mais de 183 conduções às delegacias de Polícia Civil de todo o estado, durante este primeiro fim de semana de carnaval. Destas prisões, 21 foram realizadas por mandados de prisão em aberto contra os acusados.

Na região do Centro do Rio, os policiais do 5º BPM (Praça da Harmonia) realizaram uma prisão na manhã do último domingo (11/02), através do sistema de reconhecimento facial.

Polícia Civil

Policiais civis da Projeção da 6ª DP (Cidade Nova), no sambódromo, prenderam duas pessoas em flagrante, neste domingo (11/02), por crime contra as relações de consumo. Foram detidas a dona de um buffet e a responsável por um camarote localizado no Setor 13 da Marquês de Sapucaí.

Prevenção ao desaparecimento de crianças e adolescentes

Para o público do Sambódromo, agentes do programa SOS Crianças Desaparecidas, da Fundação para a Infância e Adolescência (FIA-RJ), em parceria com a equipe do Juizado da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, promovem a distribuição de pulseiras de identificação, e orientam os foliões sobre os direitos da criança e do adolescente, ação que faz parte das iniciativas da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Além disso, a FIA e o Segurança Presente realizam uma ação preventiva para evitar novos casos de desaparecimento, até esta segunda-feira (12/02), na Central do Brasil, com distribuição de pulseiras e orientações técnicas com profissionais especializados.

O vendedor ambulante Carlos Henrique dos Santos de Moraes, trouxe a filha pela primeira vez para acompanhar o Carnaval de perto. Encantado com a organização na Sapucaí, estava satisfeito com a felicidade e tranquilidade da festa.

– É uma ótima iniciativa que o governo fez. Mais segurança para os pais e para toda a família. Essa ação nos deixa seguros e, para mim, é maravilhoso. Estou trabalhando aqui e ela está na minha visão. E com essa fita fica ótimo. Qualquer coisa, eles têm meu nome e número de telefone. - afirmou.

Lei Seca

No primeiro dia do Grupo Especial, a Lei Seca realizou a operação de fiscalização dos carros alegóricos das escolas. Ao todo, 51 motoristas realizaram o teste de alcoolemia e todos foram aprovados. Além disso, 10 agentes participaram das ações de educação realizadas na Marquês de Sapucaí. Todos eles são da equipe de PCDs da Lei Seca - vítimas de acidentes de trânsito causados por motoristas alcoolizados.

-- Todo o efetivo da Lei Seca está nas ruas para garantir um Carnaval com redução de acidentes provocados pela combinação do álcool com a direção. Fizemos um amplo cerco nas estradas e nas ruas de acesso às praias e às áreas onde estão programados os grandes blocos. E preparamos também uma campanha educativa para conscientizar os foliões, tanto nos blocos quanto no Sambódromo - afirmou o secretário estadual de Governo, Bernardo Rossi.

"Ouviu um NÃO? Respeite a decisão"

Este ano ocorre a segunda edição da campanha "Ouviu um NÃO? Respeite a decisão", da Secretaria da Mulher, que traz mensagens direcionadas aos homens sobre crimes como assédio e importunação. As peças também informam às mulheres os canais de ajuda, como a central 190, da Polícia Militar, e o aplicativo gratuito para celular Rede Mulher.

Direção prudente na avenida

O Detran.RJ realizou fiscalização para checar itens de segurança em todos os carros alegóricos das doze agremiações do Grupo Especial, no início da semana. Além disso, os motoristas dos carros alegóricos não ficaram de fora da certificação para uma condução segura e equipes da Operação Lei Seca realizaram testes de bafômetro com os condutores na concentração.

Fonte: Ascom

Comunicar erro
LBV
DISQUE SAUDE

Comentários