[LOCAL 1] 728x90 - PMCG

Governador do Rio diz que sem novo acordo, estado pode voltar a atrasar salários

Cláudio Castro entrou com ação no STF para suspender pagamento da dívida de R$ 191 bilhões com a União

Por Exclusivo RJ em 01/05/2024 às 13:59:50

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), projetou que o estado pode atrasar os salários dos servidores em 2026 caso o Supremo Tribunal Federal não reveja a dívida de R$ 191 bilhões com a União. A medida seria válida até que ocorra uma repactuação das condições de pagamento.

"O Rio de Janeiro caminha para isso. Não agora, nem em 2025. Se a gente apertar o cinto chega ao final de 2026. O que estamos olhando não é o dia de hoje. A gente está olhando o Rio de Janeiro. A gente quer o equilíbrio (fiscal) do Rio de Janeiro nos próximos anos. A proposta nossa é pagar. O que estamos questionando é natureza dessa dívida, se é se esses indexadores que a corrigem são justos", questionou o governador.

No dia 26 de abril Castro entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF), para suspender, em caráter liminar, o pagamento da dívida fluminense com a União, que totaliza R$ 191 bilhões. A medida vai permitir que o Rio de Janeiro tenha segurança para negociar o recálculo do montante, sem que haja riscos aos cofres estaduais.

O Estado do Rio entende que, ao longo das últimas décadas, foram impostas condições consideradas abusivas pela União. Diante disso, a ação pede a exclusão dos valores indevidos e ilegalmente incluídos no saldo devedor ao longo do tempo, de acordo com parâmetros compatíveis com as demais despesas públicas

Fonte: Redação

Comunicar erro
[LOCAL 2] 728x90 - CAMARA SJB AMARELO

Comentários

[LOCAL 3] 728X90 - Fortaleza
[LOCAL 3] 728X90 - Barber