OUTUBRO ROSA SJB

Brasileiro: Com gol no fim, Internacional vence o GreNal e abre vantagem na liderança

O Internacional teve um dia de glória neste domingo, 24. A equipe colorada venceu de virada o maior rival, o Grêmio, e deu um passo importante rumo ao título [...]

Por jp em 24/01/2021 às 20:45:26

O Internacional teve um dia de glória neste domingo, 24. A equipe colorada venceu de virada o maior rival, o Grêmio, e deu um passo importante rumo ao título do Campeonato Brasileiro. A vitória por 2 a 1 coloca o Inter quatro pontos a frente do São Paulo, quebra um tabu de 11 partidas sem vencer o Gre-Nal e ainda faz cair uma sequência de 16 jogos de invencibilidade do arquirrival. A vitória ainda aumentou a vantagem do Internacional no retrospecto. O time colorado chegou ao 157º triunfo. O Grêmio venceu 136 vezes e houve ainda 136 empates. Com o resultado deste domingo, o Internacional continua na liderança, agora com 62 pontos contra 58 do vice-líder São Paulo. O Grêmio, por outro lado, perdeu a oportunidade de encostar nas primeiras posições e ficou estacionado em sexto, com 51.

Internacional e Grêmio fizeram um primeiro tempo equilibrado. O técnico Renato Gaúcho conseguiu mandar a campo a dupla defensiva titular: Pedro Geromel e Kannemann, mas foi o adversário quem teve uma leve superioridade nos minutos iniciais. Logo de cara, Praxedes recebeu próximo à marca de pênalti e chutou para defesa de Vanderlei. Cauteloso, o Grêmio buscou muito Matheus Henrique e Jean Pyerre, mas o Internacional encurtou os espaços do rival e praticamente não correu perigo. Ao mesmo tempo, conseguiu criar a melhor oportunidade do jogo. Aos 34 minutos, Praxedes acionou Yuri Alberto em velocidade. O atacante chutou, Vanderlei desviou e a bola carimbou o travessão.

Tratado como solução gremista, Geromel virou preocupação aos 40 minutos, quando torceu o pé e deixou o campo chorando. O panorama não mudou com a saída do defensor, o Internacional continuou em cima, mas esbarrou no adversário e o placar continuou marcando 0 a 0. No segundo tempo, o Internacional tentou um abafa e perdeu chance incrível de abrir o placar. Yuri Alberto recebeu na esquerda, rodou para cima de Rodrigues e mandou para dentro da área. Peglow, com o gol aberto, desviou, mas jogou por cima. Logo na sequência, Edenílson arriscou, pela linha de fundo.

O Grêmio enfim conseguiu equilibrar as ações e colocou Marcelo Lomba para trabalhar. Diego Souza recebeu pela direita e tentou, mas o goleiro colorado fez a defesa. Antes, Lucas Silva já havia tentado, mas jogou para fora. O camisa 29 ainda teve tempo de perder outra grande chance. Após trama com Jean Pyerre, deu uma cavadinha, rente à trave. O bombardeio continuou, até que o Grêmio abriu o placar aos 30 minutos. Diego Souza deixou Jean Pyerre livre. O meia só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Quando todos esperavam uma vitória tricolor, o panorama mudou completamente. O técnico Abel Braga mexeu e o uruguaio Ábel Hernández, aos 45, recebeu de Cuesta e cabeceou para deixar tudo igual. E não acabou aí. Edenilson tentou a cabeçada e viu a bola bater no braço de Kannemann. O árbitro paulista Luiz Flávio de Oliveira assinalou pênalti. O próprio volante foi para a cobrança e confirmou o triunfo do Internacional, aos 52 minutos.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: JP

Comunicar erro
tESTAGEM
OUTUBRO ROSA 2
PHNjcmlwdCBkYXRhLWFkLWNsaWVudD0iY2EtcHViLTY2NDI3Nzk1NDcyNzUwMjgiIGFzeW5jIHNyYz0iaHR0cHM6Ly9wYWdlYWQyLmdvb2dsZXN5bmRpY2F0aW9uLmNvbS9wYWdlYWQvanMvYWRzYnlnb29nbGUuanMiPjwvc2NyaXB0Pg==